quinta-feira, 11 de outubro de 2012

Pré ocupar-se

Tempo nublado. Parece que vai chover. O sol até ousa sair, mera tentativa. As nuvens carregadas fazem questão de escondê-lo a todo custo. Não tem importancia. Continuamos a vida assim mesmo.

É outubro. Nossa, o ano já foi.. Quanta coisa eu fiz e deixei de fazer. Também não vem ao caso. Entre dias e noites. Sol e chuva. As horas precisam correr. Os dias/meses/anos precisam passar. Trago marcas de cada coisa que passei nessa vida. Aprendi muito. Tô aprendendo mais ainda.

Faço questão de acordar com meu despertador dizendo: Bom dia, hoje é dia de recomeçar! Lavo a cara e deixo escorrer junto da água tudo de ruim que o dia anterior me trouxe. Lembro das alegrias e sorrio. Inevitável. Espera, preciso fazer uma ligação. Pronto! Vamos embora trabalhar.

Olha, não é fácil aprender. É preciso cair muito. Errar bastante. Se preocupar em dobro. Não precisa se dar ao trabalho de me dizer que isso é queixa. Eu sei que não. Mas tudo bem, confesso que às vezes eu acho complicado demais. E quero chutar o pau na barraca. 5 minutos depois passou.

Que bom que a gente pode sempre mudar de ideia. E que bom também que amanhã é sempre um novo dia.


/Thamires Figueiredo.

4 comentários:

Hikari Lean disse...

Hey!
Gostei muito do texto! Saudades do seu blog.
Beijos!

Emanuelle Klyss disse...

Pois é Thamires, que bom, é isso que me conforta, que sempre vem um novo dia, uma nova ideia, uma nova possibilidade, um novo recomeço. Adorei o texto, até porque acabei me identificando. rs

Bjs flor. ;*

Paulo Sotter disse...

Renascer com cada novo dia. Preocupar-se é ocupar a mente desnecessariamente. A gente precisa aprender a enxergar os pequenos milagres a nossa volta, neles mora a felicidade. Um abraço

Pedro Luis López Pérez disse...

Vengo del blog de vastoseintensos de Emanuelle Klyss, y me ha encantado tu Rincón; por lo cual, si no te importa, me gustaría ser Seguidor de tan bello Espacio, lleno de Magia, Sentimientos, Sensaciones y Fantasías.
Un abrazo.