segunda-feira, 29 de outubro de 2012

1° ano de n(amor)o.



Hoje é um dia especial.
Hoje completamos um ano de namoro.
Há quem fale que um ano não é nada. Não acredito!
Já parou pra analisar tudo que vivemos durante esse ano todo?
Cara, você já me amparou muito em momentos tensos de minha vida.
Não, eu diria que você esteve comigo no pior momento de minha vida.
Quando você esteve ao meu lado mesmo quando eu não podia estar do seu lado.
Foi na doença de minha irmã que eu te conheci de verdade. Que eu vi o cara que você era.
Foi choro, desânimo, tristeza, medo, conversas e tantas outras coisas.
Você foi meu companheiro!
Teve festas, saídas, alegrias, sorrisos, amigos.
Teve muita felicidade pelo simples fato de estar com você, seja lá onde for, com quem for.
Teve muitas comidas improvisadas, seu cuscuz que não chega a ser igual ao de mainha, mas que também é ótimo. Lanches, restaurantes, você fazendo comida pra levar ao hospital porque eu tava com fome kkk
Teve também ciúmes (esse não faltou nenhum momento, rs)
Isso nos causou muita raiva, mágoa, desentendimento, inúmeras brigas, choros.
Mas como sempre, a dona reconciliação chegava no dia seguinte nos mostrando que nosso amor supera qualquer coisa.
Pra falar do nosso primeiro aniversário de namoro, eu não posso deixar de citar do nosso amor. Esse que já passou por cima de tanta coisa, de tantos problemas e dificuldades, minhas e suas.
Esse amor que me faz aprender a cada dia que passa, a cada nova situação que eu me deparo.


Você é complicado demais, cabeça dura, estranho e mais um monte de coisa.
Mas óh, mesmo assim você consegue ser o cara que me fez feliz. Muito feliz!
Obrigada por tudo e desculpas também pelas minhas grosserias de sempre.
Que esse seja o primeiro de muitos anos de namoro, noivado, casamento, filhos, netos..

Eu te amo é pouco, não cabe, transborda.
Sou louca por você, amor!



/Thamires Figueiredo.

Um comentário:

Pedro Luis López Pérez disse...

¡¡¡Parabens!!! A los dos por ese Amor que es Uno.
Un abrazo.