quinta-feira, 25 de outubro de 2012

Aprendi que tenho muito a aprender.

"Aprendi que se aprende errando. Que crescer não significa fazer aniversário. Que o silêncio é a melhor resposta quando se ouve uma bobagem. Que trabalhar significa não só ganhar dinheiro. Que amigos a gente conquista mostrando o que somos. Que os verdadeiros amigos sempre ficam com você até o fim. Que a maldade pode se esconder atrás de uma bela face. Que não se espera a felicidade chegar, mas se procura ela. Que quando penso saber de tudo ainda não aprendi nada. Que a natureza é a coisa mais bela na vida. Que amar significa se dar por inteiro. Que um só dia pode ser mais importante que muitos anos. Que se pode conversar com estrelas. Que se pode confessar com a lua. Que se pode viajar além do infinito. Que ouvir uma palavra de carinho faz bem à saúde. Que dar carinho também faz… Que sonhar é preciso. Que se deve ser criança a vida toda. Que nosso ser é livre. Que Deus não proíbe nada em nome do amor. Que o julgamento alheio não é importante. Que o que realmente importa é a paz interior. E finalmente, aprendi que não se pode morrer, pra se aprender a viver."


/Autor desconhecido.

2 comentários:

Marcelo R. Rezende disse...

Que delícia de trecho, querida.
Uma delícia ler e poder concordar com tudo, ter entendimento de todas essas vontades.

Beijo grande.

Pedro Luis López Pérez disse...

Es cierto; se debe ser criança toda la vida, mantener ese espíritu y la ilusión por siempre aprender cosas.
Preciosa Entrada.
Un abrazo.