sábado, 20 de agosto de 2011

E quando ele chega..


"E agora está você aí, com esse amor que não estava nos planos. Um amor que não é a sua cara, que não lembra em nada um amor idealizado. E, por isso mesmo, um amor que deixa você em pânico e em êxtase. Tudo diferente do que você um dia supôs, um amor que te perturba e te exige, que não aceita as regras que você estipulou. Um amor que a cada manhã faz você pensar que de hoje não passa, mas a noite chega e esse amor perdura, um amor movido por discussões que você não esperava enfrentar e por beijos para os quais nem imaginava ter tanto fôlego. Um amor errado como aqueles que dizem que devemos aproveitar enquanto não encontramos o certo, e o certo era aquele outro que você havia solicitado, mas a vida, que é péssima em atender pedidos, lhe trouxe esse e conforme-se, saboreie esse presente, esse suspense, esse nonsense, esse amor que você desconfia que não lhe pertence. Aquele amor em formato de coração, amor com licor, amor de caixinha, não apareceu. Olhe pra você vivendo esse amor a granel, esse amor escarcéu, não era bem isso que você desejava, mas é o amor que lhe foi destinado, o amor que começou por telefone, o amor que começou pela internet, que esbarrou em você no elevador, o amor que era pra não vingar e virou compromisso, olha você tendo que explicar o que não se explica, você nunca havia se dado conta de que amor não se pede, não se especifica, não se experimenta em loja – ah, este me serviu direitinho!"


/Martha Medeiros.

4 comentários:

Will disse...

Ah... o amor, essa sapato de cristal que por vezes se parece com um sapato velho para nossos pés cansados.
Uma semana de amor para você!

Luna Sanchez disse...

Eu tenho um desses e garanto que é o melhor de todos!

;)

Um beijo.

Emanuelle Klyss disse...

O meu amor já não me serve faz tempo. :(

Tem selinho no meu blog pra ti floor.

A.S. disse...

Por vezes basta um simples olhar para fazer vibrar o coração de amor!

Beijos,
AL