quarta-feira, 19 de outubro de 2016

Alguns laços desafiam a distância.



Há pessoas que não saem.
Há momentos que não apagam
Há sentimentos inexplicáveis, ternos, eternos.

Há conexões que mesmo quebradas, não desatam os nós. 
Não reconhecem barreiras
Não veem lógica.

O medo nos faz ir, a esperança nos faz voltar
Mas o amor, esse supera o tempo, a distância.
Esse, meu amigo, esse supera tudo!


/Thamires Figueiredo.

4 comentários:

Sara com Cafe disse...

Força e fé!!!

Abraço.

Occhi di bambino disse...

Li este teu poema e pensei: como pode ser tão perfeito?
Não é isto que o amor é? Não é exatamente isto?
Então, não é apenas que haja pessoas, mas há pessoas a quem amamos... Não é que haja momentos, mas há momentos de amor que vivemos... Etc... Etc... Etc...
Mas, escreveste em outubro... Será que paraste? Seria uma pena gigantesca.
Estou começando meu segundo blogue do zero, sabendo que estou na contramão, sabendo que blogue não é tendência. Mas procurando perfeições que pouca gente leia e comente.
Como esta que escreveste.
Aliás, eu comentaria outras, como 'A Distância', de agosto, que é bela como uma manhã de sol...
Mas nem sei se lerás.
Que pena.
Beijossssssssssssss

Tauqeer Estate disse...

Ferozpur city plots available for sale contact for profit by your investment. We deal sale purchase in Ferozpur city, Safari Garden, Model Housing society, Grand Avenues, central Park and sun City.

PEQUENOS DELITOS RENOVADOS disse...

Lindo o poema...
Um grande amor (de que tipo seja não importa!) não morre nunca.