terça-feira, 9 de agosto de 2016

Noites claras.

Olhei pra bem longe, muito além daquele Sol, e todo o meu passado se pôs junto com ele. E eu senti a alma clarear enquanto o dia escurecia.
 
/Tati Bernadi

5 comentários:

Luci Alves disse...

Guria linda! ♥

Renata Bittes disse...

Quem me dera perder pelo menos parte do meu passado na escuridão do horizonte :)

Sara com Cafe disse...

Abaço profundo.

Jaya Magalhães disse...

Às vezes acho textos muito incríveis de Tati por aí. Porém nunca consegui ter um livro dela, vivo adiando. Essa frase hoje me fez querer mais, porque refletir a ponta de fazer essa viagem interna em nós mesmos é algo que poucas leituras conseguem fazer, né?

Adorei, Thami.

Um beijo.

mム尺goん disse...

E o que é vivo desabrocha no deserto...


beijo