domingo, 17 de novembro de 2013

A vida é minha.

Definitivamente não fui feita para viver sob pressão. Estava pensando: por que as pessoas não deixam que tomemos nossas próprias decisões em paz? Cada um sabe de si e do que querem para a vida. Eu não sou obrigada a ser um espelho do que a sociedade se tornou. Eu não preciso de alguém me dizendo o que eu tenho que fazer. Tenho vontade própria, se não sabem.
Se você estuda a vida inteira não é pra ser uma pessoa de valores, princípios. Não é pra ser uma pessoa melhor e sim pra passar em um vestibular. Se você namora, já querem que você case. Se você casa, a pressão é sobre os filhos que você ainda nem decidiu ter. Tudo seria bem mais simples se cada um se preocupasse com sua vida, com seus objetivos e não com o que as outras pessoas querem ou deixam de querer. A vida não é complicada, as pessoas que são.
 
 
/Thamires Figueiredo.

3 comentários:

Déborah Arruda. disse...

Você tá me descrevendo, moça? RS
Thamires, a forma mais genuína de viver está na nossa capacidade de sermos fiéis ao que verdadeiramente queremos. Não deixe que ninguém oprima (nem comprima) teu coração!
Beijo!

Déborah Arruda. disse...

Você tá me descrevendo, moça? RS
Thamires, a forma mais genuína de viver está na nossa capacidade de sermos fiéis ao que verdadeiramente queremos. Não deixe que ninguém oprima (nem comprima) teu coração!
Beijo!

Quintal de afetos disse...

É essa mania desaforada de apreciarem com olhos sangrentos o que não lhes pertence. É essa mania envelhecida das pessoas sempre acharem que podem, viver por nós. Pois então, que nos paguem as contas, também!

Olá Thamires.
Coração agradece sua visita lá "em casa".
Por ter pisado em meu chão e conhecido o meu quintal.

Volte sempre.
Beijo na alma,
Samara Bassi