quinta-feira, 6 de junho de 2013

Se tratando de pessoas...

Perdi as contas de quantos 'amigos' eu perdi. Me perdi em devaneios quando só queria entender o por quê. A melhor resposta foi a de que eu nunca os tive. Eu também não sei ser a melhor quando não é disso que as pessoas precisam. O que vale no final das contas? Eu pensei que reconhecimento e consideração eram sentimentos recíprocos. Mas descobri que as pessoas não se importam.

Depois de anos, eu ainda me surpreendo com as atitudes dos que me rodeiam. Mas como eu disse, não tem bronca. Se pra o outro lado não está bom, eu que não vou adular e nem pedir pra ficar. Foi-se o tempo que eu matava e morria por alguma amizade. Hoje eu apenas vou agradecer por se mostrarem quem realmente são. E por me fazerem entender que amizade de verdade não existe!



/Thamires Figueiredo.

5 comentários:

ᄊム尺goん disse...

Sou entre flor e nuvem

Por que havemos de ser unicamente humanos?



Cecília Meireles


[contém 1 beijo]

Aline Teles disse...

Infelizmente, boa parte das amizades são feitas de interesse. Acredito que alguém teve sorte de encontrar uma amizade verdadeira. Só que nem todo mundo tem essa sorte, pois o ser humano não sabe valorizar o outrem. Belíssimo desabafo. Já me senti assim diversas vezes. Beijos.

Brunna Martins disse...

fico pensando se isso existe mesmo :/ eu acho que foi o tempo que alguém era amigo de verdade de alguém , hoje as pessoas não se importam uma com a outra .

AquilesMarchel disse...

me lembrei muito da música da Legião Urbana
29


Hikari Lean disse...

Amei o texto!
Só não concordo com a última frase... talvez por que eu seja esperançoso. rsrs

Bjo!