segunda-feira, 6 de fevereiro de 2012

Efeitos colaterais



Felizmente ou infelizmente colhemos aquilo que plantamos. Se plantamos limões, não espere colher laranjas. Nada é passado despercebido, mesmo quando ao olhar pra os lados não tenha ninguém por perto. Você não será menos culpado porque olhos humanos não estão de analisando e julgando. Tem um que tudo vê e tudo sabe e Desse você não pode fugir.

Hoje eu analiso tantas atitudes incoerentes, tantas ajudas sem cabimento, o caminho torto que fui percorrendo aleatoriamente. É triste você cair em si só depois de não poder voltar mais atras. É triste você ver suas atitudes falhas do passado serem refletidas no hoje. Mas acredito que o arrependimento é vital e ele existe aqui, com certeza.

Continuo orando muito pelo Eduardo e pela minha irmã, que Deus nos ilumine e nos dê muita sabedoria pra seguir em frente.


/Thamires Figueiredo.

6 comentários:

Alê disse...

Tha,

Um dia, a colheita vem,

Eu acredito que colhemos sim, o que plantamos,


Bjkas

Natalii Sales .! disse...

Eu adoro o seu Blog ! de verdade...

Tânia disse...

As vezes penso:
- o que espero do meu futuro?
respondo então:
-é poder olhar para trás e dizer: amei,sofri e sobrevivi!beijos

Henrique Muniz disse...

Olha.. vi um amigo passar por essa situação algum tempo atras, e realmente se colhe o que planta!
O texto foi ótimo!
Assim, como mais alguns que li aqui.
Parabéns e seguindo já!

cotidianofalido.blogspot.com

Brunna Forfuun ∞ disse...

concerteza colhemos o que plantamos!

adorei seu blog linda estou seguindo se puder seguir de volta agradeço desde já *-*

beijo :)

http://brunnaforfuun.blogspot.com/

S. disse...

muito sentido, excelente. vou seguir, beijinho.
continua*